Vítima ou Vitorioso

Ao longo das escrituras, encontramos pessoas que transformaram derrota em vitória e tribulação em triunfo. Em vez de vítimas, tornam-se vitoriosas.
José poderia entregar-se ao vitimismo. Ele foi cruelmente injustiçado e vendido como escravo, mas escolheu andar com Deus e tornou-se vitorioso passando da condição de prisioneiro à de governador do Egito, salvando àqueles que o prejudicaram.
Daniel, cativo na Babilônia, resolveu andar firmemente com Deus e fazer dos princípios bíblicos seu estilo de vida. Aquilo que poderia ter sido um grande fracasso tornou-se o meio de revelar as profecias de Deus e evangelizar o rei Nabucodonosor.
Pedro, após negar a Cristo, aceitou o perdão amoroso de Jesus e, submetido voluntariamente ao Espírito Santo, levou e ainda leva por seu exemplo e suas cartas, milhares de pessoas de volta a Deus.
Muitas vezes, as tribulações da vida não dependem de nós, mas depende de nós escolher as mãos de Deus para sermos vitoriosos nas piores circunstâncias. Outras vezes, causamos o próprio mal por termos semeado errado. Deus não livra Seus filhos das consequências do pecado, todavia Ele não os abandona nessas horas, vindo sempre em socorro com graça e compaixão.
O conhecido dito popular é também uma verdade bíblica: “Se a vida lhe oferecer limões, faça uma limonada.” Em Jesus podemos, sim, ser vitoriosos e não permitir que o diabo nos faça vítimas nas circunstâncias negativas que todos enfrentamos.
Em Cristo, Deus providenciou tudo o que é necessário para nossas lutas e nossa vitória.
Você conhece as armas: oração, a espada do Espírito Santo, fé confiante, obediência e serviço ao semelhante.
“Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio Daquele que nos amou.” Romanos 8:37
Não há vitórias sem conflitos e não se aprende a vencer se não há batalhas. Portanto, continue andando com Aquele que enfrentou as maiores lutas que um ser humano foi chamado a passar, e saiu vitorioso. Ele é a nossa vitória!

Pr. Gilson Grüdtner