Satanás e seus aliados

Vejam os itens mais importantes:
1. Vamos continuar o nosso estudo do livro do Apocalipse. Afirmamos que interpretar profecias que já foram cumpridas é mais fácil. Quando analisamos as profecias que ainda se cumprirão, precisamos ser cautelosos.
2. Deus mostra o que acontecerá no tempo do fim para que não nos surpreendamos, mas Ele não revela todos os detalhes que gostaríamos de saber.
3. Devemos lembrar que, embora essas profecias nos revelem o que acontecerá no fim, elas não nos informam QUANDO nem COMO os eventos se desenrolarão. Devemos ter cuidado para não especular!
4. As profecias têm propósitos práticos: ensinar-nos como viver HOJE e estar preparados para o FUTURO.
5. Leiam Ap 13:1-4, 8; 17:8 Como era a besta emergindo do mar? Tinha aparência de um LEOPARDO, com os pés de um URSO e a boca de um LEÃO; 7 cabeças e 10 chifres, assim como o dragão; sobre as cabeças da besta estava um nome de blasfêmia, e sobre os chifres estavam diademas reais.
6. O que representam? 7 cabeças = os reinos de Satanás; 10 chifres = as nações que surgiram para perseguir o povo de Deus ao longo da História; os 10 chifres = as nações que surgiram depois da queda do Império Romano. A besta reunia as características dos 4 animais – símbolos de impérios mundiais, a saber = Babilônia, Média-Pérsia, Grécia e Roma. A besta do mar está ligada ao Império Romano. O nome blasfêmia aponta para o título divino que a besta reivindica.
7. O dragão, Império Romano pagão, deu à besta seu poder, trono e autoridade.
8. A besta do mar representa um poder político, cuja característica dominante é a religião; o mar simboliza a região amplamente povoada da Europa, de onde a besta do mar sobe ao poder após a queda do Império Romano. Por 1.260 dias/anos foi o período das ações de perseguição da besta ao longo da história cristã. Essa fase terminou quando uma das cabeças da besta foi mortalmente ferida (morte temporária).
9. O início do período = 538 d.C., início do período profético, quando a igreja romana, tendo o PAPA como seu líder, estabeleceu-se como PODER ECLESIÁSTICO e de ESTADO. Final desse período = 1798 d.C. = os acontecimentos da Revolução Francesa infligiram à besta a ferida mortal, dando fim ao domínio opressivo da igreja e à religião apoiada pelo Estado.
10. Atenção!! a besta ressurgirá! Isso atrairá a admiração do mundo, e as pessoas adorarão o dragão e a besta.
11. As blasfêmias da besta do mar = 1. reivindicar igualdade com Deus; 2. usurpar a autoridade de Deus; 3. difamar contra Deus, o Seu nome e sobre o tabernáculo, a saber os que habitam no Céu; 4. negar a obra mediadora de Cristo, procurando substituí-la por um humano; 5. afirmar que pode conceder salvação e perdoar pecados.
12. Ap 13 revela um período de ampla apostasia do cristianismo, quando o catolicismo reivindicou a posição e a autoridade de Deus com o PAPA como seu líder. Aqueles que negaram submissão à Roma, foram perseguidos e martirizados.
13. Leiam Ap 13:11 e 12:14-16 – Como é a besta que emerge da terra ? Tinha 2 chifres semelhantes aos de um cordeiro e falava como o dragão.
14. Significado … dois chifres, parecendo cordeiro = símbolo de Cristo, tem semelhança com Cristo; Ela é um poder MUNDIAL e parece inofensiva.
15. A besta da terra é um novo participando na cena, tendo surgido como POTÊNCIA MUNDIAL depois que a besta do mar recebeu a ferida mortal.
16. E. G .White pergunta: “- Que nação do Novo Mundo se achava em ascensão ao poder com indícios de grandeza e força em 1798? Apenas uma, satisfaz às especificações desta profecia: Estados Unidos da América”. O Grande Conflito, p. 1440
17. Esse poder do tempo do fim será um instrumento para fazer com o que o mundo inteiro adore a primeira besta, que recebeu a ferida. Os Estados Unidos desempenharão uma função perseguidora nos eventos finais. Em outras palavras, os Estados Unidos, que outrora proporcionaram proteção e abrigo seguro para a igreja, desempenharão uma função perseguidora nos eventos finais.
18. A besta semelhante ao cordeiro convencerá muitos de que suas palavras são verdadeiras, embora não estejam em plena harmonia com as Escrituras. Ellen G. White escreveu: “Mediante a agência do espiritismo, serão operados prodígios, os doentes serão curados, e serão realizadas muitas e inegáveis maravilhas”. O Grande Conflito, 588.
19. Diante desses milagres, a besta semelhante ao cordeiro procurará persuadir os habitantes da Terra a fazer uma imagem à besta do mar, atitude incoerente às informações insofismáveis e solenes da Declaração da Independência, e à Constituição.
20. A igreja primitiva se corrompeu, afastando-se da simplicidade do evangelho, perdeu o Espírito e o poder de Deus, aceitando ritos e costumes pagãos. Como consequência, resultou o papado.
21. Não vai demorar muito para as principais igrejas dos Estados Unidos, ligando-se em pontos de doutrinas que lhe são comuns, influenciarem o Estado para que imponha SEUS DECRETOS e lhes apoie as instituições. Então, a América do Norte protestante terá formado uma imagem de hierarquia romana para a aplicação de penas civis aos dissidentes, descreveu E.G. White no livro O Grande Conflito, p. 442-445.
22. Leiam Ap 13:16, 17 e Dt 6:4-8 Qual é a marca da besta? Pessoas de todas as classes serão pressionadas a receber a marca da besta em sua mão direita ou na testa. A marca da besta identifica seus adoradores.
23. A marca na mão direita = comportamento; sinal na testa = mente ou ao consentimento intelectual. Alguns escolherão receber a marca da besta a fim de escapar da ameaça de morte, enquanto os outros estarão totalmente comprometidos com esse sistema de adoração apóstata!
24. As questões centrais na crise final = adoração, obediência a Deus e a guarda dos Seus mandamentos, em especial o quarto mandamento, como sinal distintivo da obediência do fiel povo de Deus; logo, a marca da besta é o sinal de lealdade à besta.
25. A marca da besta envolve: 1- a substituição dos mandamentos de DEUS por mandamentos HUMANOS; 2- instituição do domingo como dia de adoração em lugar do sábado; 3- ação de usurpar a função e o poder do próprio Deus.
26. Como calcular o número da besta? Ap 13:18 – é número de homem = 666; Paulo o descreveu como “o homem da iniquidade”; esse número = poder papal simbolizado pela besta do mar, cujo nome blasfemo em suas cabeças indica o título divino que ela reivindica para si, tentando tomar o lugar do Filho de Deus na Terra.
Advertência: “ninguém recebeu até agora o sinal da besta. Ainda não chegou o tempo de prova.Há cristãos verdadeiros em todas as igrejas, inclusive na comunidade católica romana”. E.G.White, Evangelismo, p.234,235.
Vai chegar o momento em que todos conhecerão a verdade é aí sim, farão a sua escolha.

Senhor, já tomamos a nossa decisão de adorar somente ao Deus verdadeiro hoje, durante toda a nossa vida até o tempo do fim. Não queremos receber o sinal da besta, e sim receber o sinal de Deus.
Venha nos ajudar. Amém.

Feliz Sábado! Sejam felizes!
Estudar a Bíblia faz bem!
Um abraço!

Texto elaborado por Dalva Amélia de Castro Menezes, professora adventista aposentada e membro da Igreja IASD do UNASP – SP.