Salvação e o tempo do fim

Vejam os itens mais importantes:

1. Nós, os cristãos, podemos afirmar: nosso fundador é Jesus Cristo. Podemos aprender com Seus ensinamentos. Destacamos algumas ações do nosso Mestre: a- a encarnação de Cristo como ser humano; b- Sua morte e ressurreição; c- Seu ministério no Céu.

Unicamente, esses atos nos salvam. Quanta segurança essa afirmativa nos traz!

2. Certamente, não somos salvos por algo que exista em nós! Nossa salvação não vem de algo que possamos fazer, mas de uma ação resultante do próprio caráter amoroso de Deus.

3. O amor do Pai – Deus. Como podemos conhecer o Pai ? Um dia quando Jesus esteve aqui na Terra, Filipe perguntou a Jesus: – Senhor, mostra-nos o Pai… Jesus respondeu: “Filipe, há tanto tempo estou convosco, e não Me tens conhecido? quem Me vê a Mim vê o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai?” Cristo veio a este mundo para revelar a verdade sobre o amoroso Pai.

4. Alguns dizem que o Deus do Antigo Testamento é um Deus de justiça, comparado com o Deus do Novo Testamento, que é cheio de misericórdia, graça e perdão. Essa distinção não é válida. Ele é o mesmo Deus com as mesmas características. Deus não muda.

5. Se soubéssemos todos os fatos que envolveram os acontecimentos no Antigo Testamento, acharíamos Deus tão misericordioso no Antigo Testamento como Ele é no Novo.

6. Podemos afirmar definitivamente: Deus é amor, em todo tempo. Ele não muda e Ele é eterno. “Benigno e misericordioso é o Senhor, tardio em irar-Se e de grande clemência” Sl 145:8.  Seu amor é infalível Sl 143:8 e Ele se agrada em Seus seguidores Sl 147:11

7. O amor de Cristo –  O pecado fez separação entre o homem e Deus. Houve um grande abismo, profundo e perigoso. Foi necessário que Alguém eterno e divino como o próprio Deus se tornasse humano e, em Sua humanidade, oferecesse Seu corpo como sacrifício pelos pecados do homem, quer dizer, pelos nossos pecados.

8. João declarou em João 1:1-3  e 14 –  Jesus estava com Deus e era Deus. Ele é eterno. Ele habitou entre nós.

9. Como afirmamos, Cristo é eterno e não depende de nada nem de ninguém para existir.

10. Cristo Se tornou  homem, sem nenhuma vantagem em relação aos outros humanos. Ele obedeceu à Lei de Deus, não mediante Seu poder divino interior, mas confiando no mesmo poder divino exterior, disponível a toda a humanidade.

11. Jesus era plenamente Deus e plenamente humano; isso quer dizer: a- Aquele que sustenta todas as coisas pela Palavra do Seu poder, é o mesmo que Se achava na manjedoura como bebê;  b- Aquele que é antes de todas as coisas, é o mesmo que, quando criança humana, crescia em sabedoria, estatura e graça; c- Aquele que sem o qual nada do que foi feito se fez, é o mesmo que foi morto e pendurado num madeiro.

12. Tudo isso que falamos acima, revela o amor de Cristo por nós, e por extensão, amor do Pai. Devemos nos alegrar e agradecer.

13. O amor do Espírito Santo – O Espírito Santo tem sido mal interpretado, quase tanto quanto o Pai. As Escrituras demonstram a personalidade do Espírito Santo assim: a- os cristãos são batizados em Seu nome juntamente com o do Pai e do Filho; b- o Espírito glorifica Cristo; c- o Espírito convence as pessoas; d- Ele pode Se entristecer; d- Ele é o Consolador; e- Ele é Conselheiro;  f- Ele é Auxiliador; g- Ele ensina, intercede e santifica; h- guia as pessoas em toda a verdade.

14. Finalmente, afirmamos que o Espírito Santo é Deus, assim como o Pai e o Filho. Juntos são UM único Deus.

15. Qual é a maior evidência de que o Espírito Santo é Deus? Resposta: a encarnação de Cristo. Jesus nasceu do Espírito Santo. Só Deus poderia “criar” dessa maneira.

16. O Espírito Santo é capaz de realizar por Cristo dois milagres: Primeiro – Ele trouxe o Cristo onipresente para dentro do ventre de Maria. Jesus ascendeu ao Céu em um corpo humano, confinado dentro desse corpo.

17. Segundo – em outro milagre inexplicável, o Espírito traz o Cristo confinado por Sua humanidade e O torna presente aos cristãos em todo o mundo.

18. O Pai, o Filho e o Espírito Santo nos amam igualmente e atuam para nos salvar para o reino eterno de Deus. Não podemos negligenciar tão grande salvação.

19. É certo ter certeza da salvação? Sim!  para estarmos preparados para o tempo do fim, devemos ter a certeza da salvação no presente. Devemos nos alegrar na realidade da redenção a fim de enfrentar, sem medo, o futuro.

20. Podemos ter a certeza da salvação, mas… Cuidado! Não devemos ser presunçosos em relação a isso. Nossa certeza não está em nossas obras, mas no que Cristo fez por nós. Devemos confiar unicamente nos méritos da justiça de Cristo, obedecer à lei de Deus e assim, poderemos ter toda a certeza de que precisamos.

21. Gosto de rever as promessas de Deus em relação à salvação: a- “Ele Me invocará e Eu lhe responderei […] e lhe mostrarei a Minha salvação”. Sl 91:15 e 16;   b- Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”. Joel 2:31 e 32;           c- “Para as minhas ovelhas dou-lhes vida eterna e nunca irão perecer”. Jo 10:28;

d- “Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus e creres que Deus O ressuscitou dentre os mortos, serás salvo”. Rm10:9-13; e- “Deus nos deu a vida eterna, e esta vida está em Seu Filho” IJo 5:11-13

22. O Evangelho eterno = “Temei a Deus e dai-Lhe glória, porque é vinda a hora do Seu juízo e adorai Aquele que fez o céu, o mar e as fontes das águas”. Ap 14:6 e 7; Esse evangelho revela o imutável amor de Deus, e essa mensagem precisa ser levada ao mundo pelo povo de Deus.

23. Paulo nos ensina em Ef 1:4 e 5 “Deus nos elegeu antes da fundação do mundo para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dEle em amor e nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo…” O plano da salvação pela graça já existia antes da fundação do mundo. Fomos eleitos para ter essa salvação. É desejo de Deus que tenhamos a vida eterna Nele, mediante o sacrifício de Jesus por nós. Nossa escolha é aceitar a salvação ou rejeitá-la.

Somos agradecidos a Deus Pai, a Deus Filho e a Deus Espírito Santo por Seu grande amor. Aceitamos ser Seus filhos e aceitamos o plano de salvação pela graça. Amém.

Feliz Sábado! Sejam felizes! Estudar a Bíblia faz bem! Um abraço!
Texto elaborado por Dalva Amélia de Castro Menezes, professora adventista aposentada e membro da Igreja IASD do UNASP – SP.

Link para a lição completa: http://mais.cpb.com.br/licao-adultos/