Rei dos reis e Senhor dos senhores

Começo a mensagem pastoral de hoje com as seguintes perguntas:

Quem é o Rei dos reis e Senhor dos senhores?

Que significado tem para mim, pessoalmente, essas expressões, Rei dos reis e Senhor dos senhores?

Antes de mais nada vamos ler um trecho da Palavra que está em Apocalipse e é parte de uma visão que João, o escritor do Apocalipse, teve na ilha de Patmos.

“Vi o céu aberto, e eis um cavalo branco. O seu cavaleiro se chama Fiel e Verdadeiro e julga e peleja com justiça. Os seus olhos são chama de fogo; na sua cabeça, há muitos diademas; tem um nome escrito que ninguém conhece, senão ele mesmo. Está vestido com um manto tinto de sangue, e o seu nome se chama o Verbo de Deus; e seguiam-no os exércitos que há no céu, montando cavalos brancos, com vestiduras de linho finíssimo, branco e puro. Sai da sua boca uma espada afiada, para com ela ferir as nações; e ele mesmo as regerá com cetro de ferro e, pessoalmente, pisa o lagar do vinho do furor da ira do Deus Todo-Poderoso. Tem no seu manto e na sua coxa um nome inscrito: Rei dos reis e Senhor dos senhores”, Apocalipse 19:11-16.

O cavaleiro que monta o cavalo branco da visão de João é o Senhor Jesus, também,  identificado na visão como Fiel e Verdadeiro. Ele tem o manto tinto de sangue, porque deu a vida por nós. Ele é o Verbo de Deus.

Pensemos juntos no seguinte: o Rei reina e o Senhor comanda. Jesus é o Rei que reina sobre todos os reis, é o Senhor que governa sobre todos os senhores.

E a minha pergunta final é: Se Jesus é o Rei que reina sobre todos e o Senhor que governa sobre todos, Ele é o seu Rei e seu Senhor?

Jesus deve ser para você e para mim Rei e Senhor.

O rei é aquele a quem servimos e o senhor é aquele a quem obedecemos.

Que sua vida esteja centralizada em Jesus, o Rei dos reis e Senhor dos senhores!