Peregrinos Rumo A Nova Jerusalem

Quem viaja para Israel e faz os passeios pelo país acompanhado de um guia turístico local, recebe ao final um certificado assinado por autoridades israelenses, dizendo que a pessoa, a partir daquele momento, se tornou um peregrino em Jerusalém.

Quando recebi o meu certificado pela primeira vez, fiquei pensando que para um cristão como eu que aguarda novo céu e nova terra, conforme a promessa de Deus, o certificado deveria dizer: um peregrino rumo à Nova Jerusalém e não um peregrino em Jerusalém.

Deus prometeu um novo céu e uma nova terra e João viu, em visão, o cumprimento da promessa de Deus. “Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposo. Então, ouvi grande voz vinda do trono, dizendo: Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus, e Deus mesmo estará com eles. E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram. E aquele que está assentado no trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E acrescentou: Escreve, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras. Disse-me ainda: Tudo está feito. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. Eu, a quem tem sede, darei de graça da fonte da água da vida. O vencedor herdará estas coisas, e eu lhe serei Deus, e ele me será filho.” Apocalipse 21:1-7.

Posso afirmar a você que é muito bom visitar Jerusalém, bem como outros lugares que foram “consagrados” pela presença de Jesus quando aqui viveu.

Entretanto, nada pode ser mais expressivo na vida do que ter como objetivo chegar à Nova Jerusalém.

Quando temos esse sonho e vivemos para alcança-lo, deixamos de ser peregrinos e passamos a fazer parte da família do Deus eterno.

Foi isso que Paulo afirmou em Efésios 2:19, “Assim pois, já não sois estrangeiros nem peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois da família de Deus”.

Amados, somos da família de Deus. Nossa jornada pode fazer diversas paradas, mas nosso destino final é a Nova Jerusalém, o Novo Céu e a Nova Terra, a eternidade.

Sigamos em frente pela graça de Deus e louvado seja o Senhor!

 

Neumoel Stina

Pastor Sênior da IASD do UNASP, Campus São Paulo

pastorstina@gmail.com

@pastorstina

stina.com.br