O Que Você Devolve a Deus?

Se você é um cristão, então reconhece a bondade de Deus. Ele o(a) criou, deu-lhe vida; Ele mantém sua vida e cumpre sempre o que promete, pois é justo e fiel.

A glória de Deus tem nome: bondade. Um trocadilho diz que “Deus é bom o tempo todo, o tempo todo Deus é bom.” Não resta dúvida do caráter santo e misericordioso de Deus.

A história Bíblica e do cristianismo quase sempre revelam um Deus bondoso em contraste com Seus filhos ingratos, incrédulos e infiéis.

Adão e Eva receberam vida, manutenção da vida através da árvore da imortalidade, e o fiel cuidado divino. Mas o casal expressou desconfiança em Deus, ingratidão e rebelião. E a morte passou a todos os homens.

O que você devolve a Deus diante do que Ele é? Os versos 12 a 14 do Salmo 116 nos questionam: “Que darei ao Senhor por todos os seus benefícios para comigo? Tomarei o cálice da salvação e invocarei o nome do Senhor. Cumprirei os meus votos ao Senhor, na presença de todo o seu povo.”

Deus merece e espera pelo menos três coisas nesses versos: “receba sua benção, mantenha comunhão com Ele e cumpra sua parte na aliança com Aquele que você professa crer e servir.

Você notou que todas as propostas de Deus são por sua causa e para o seu bem? Deus não está preocupado Consigo mesmo, mas com o bem-estar presente e eterno de Seus filhos. Sua gloriosa bondade precisa ser aceita correspondida e assimilada através de uma vivência da oferta.

Que a bondade de Deus encontre em você um eco de adoração, comunhão e grata obediência.

O que você devolve a Deus? Tudo isso é para o seu bem! Não deixe Deus sem resposta. A sua forma de viver é a maneira de dizer se você escolheu a proposta de Deus.

 

 

Pastor Gilson Grüdtner