O Evangelho de Patmos

Vejam os itens mais importantes:
1. Nossas primeiras palavras: O Apocalipse revela Jesus Cristo – Sua vida, morte, ressurreição e ministério sumo-sacerdotal em favor de nós, o Seu povo.
2. Listamos as principais bases do estudo do livro Apocalipse: 1- a inspiração é de Deus, mas a linguagem é humana; 2- o método é historicista, maneira de entender o cumprimento das profecias que seguem o fluxo da História; 3- a estrutura é essencial para a aplicação responsável das profecias organizadas em 4 itens de acordo com a sequência de seus capítulos: *trata da situação das igrejas na época de João – autor do livro; *repete e desenvolve a História da igreja utilizando símbolos; *abarca a História do grande conflito desde antes dos dias de Jesus até o Seu segundo advento; *se concentra exclusivamente no tempo do fim; 4- a interpretação do Apocalipse deve ser cristocêntrica.

3. As profecias do Apocalipse foram reveladas em visão ao apóstolo João há mais de 19 séculos, durante seu exílio em uma ilha no Mar Egeu, conhecida como Patmos.
4. O título “Apocalipse”, o que significa? Como já falamos, significa Revelação de Jesus Cristo; é tanto da parte Dele quanto sobre Ele. Testifica que Jesus é o foco de seu conteúdo.
5. Por que o foco ou o centro do Apocalipse é Jesus? Ele é a Estrela da Manhã; Ele é o centro dos 4 evangelhos; é o centro de toda a esperança; é a Raiz e a Geração de Davi; evidencia o Seu ministério celestial e mostra o Seu trabalho em nosso favor.
6. Propósito do livro: a- revelar eventos futuros, a partir da época em que o próprio livro foi revelado; b- assegurar-nos que, independentemente dos acontecimentos futuros, DEUS ESTÁ NO CONTROLE; c- nos dar a certeza de que Jesus Cristo tem estado com Seu povo durante toda a História do mundo e em meio aos aterradores eventos finais; d- ensinar-nos a viver hoje e nos preparar para o futuro.
7. Deuteronômio 29:29 “As coisas encobertas pertencem ao Senhor nosso Deus, porém as reveladas pertencem a nós e a nossos filhos para sempre […]”; Isso sugere que Deus estabeleceu limites a respeito da revelação. Ele escolhe guardar algumas coisas para Si mesmo; porém, o que revelou, cabe a nós, Seus filhos, conhecer e obedecer.
8. Esse livro revela SOMENTE os aspectos do futuro importantes ao nosso conhecimento para nos impressionar em relação à seriedade do que ocorrerá, a fim de que possamos perceber nossa dependência de Deus e obedecê-Lo.
9. Cuidado: as profecias podem ser MAL utilizadas e MAL interpretadas. Não apoiamos especulações, sensacionalismo ou a ação de espalhar PAVOR em relação ao tempo do fim.
10. Nossa postura deve ser: pesquisar, estudar, obedecer e aguardar as profecias com fé e confiança em Deus.
11. A linguagem do Apocalipse 13:1 é simbólica, assim, como é a linguagem de Daniel 7:1-3 e a de Ezequiel 1:1-14. João declarou que as cenas e os eventos do Apocalipse foram mostrados a ele em VISÃO por meio de apresentações simbólicas. Guiado pelo Espírito Santo, João registrou fielmente tudo o que tinha observado nas visões.
12. Logo, a linguagem das profecias do Apocalipse, em sua maioria, NÃO DEVE SER interpretada literalmente. Quando lemos o Apocalipse, precisamos interpretá-lo simbolicamente, a menos que o texto aponte para um significado literal.
13. Atenção!! devemos ter cuidado para não impor ao texto um significado que resulte da imaginação humana ou dos significados atuais desses símbolos. Postura correta: ir à Bíblia e aos símbolos encontrados em suas páginas para compreender os símbolos desse livro. Devemos lembrar que a maioria desses símbolos foi tirada do Antigo Testamento.
14. Deus quis imprimir em nossa mente que os atos de salvação de Deus no futuro serão semelhantes aos Seus atos de salvação no passado.
15. O que Deus fez pelo Seu povo no passado, fará também no futuro.
16. O Apocalipse não foi escrito apenas para as igrejas ali mencionadas, mas para todas as gerações de cristãos ao longo da História.
17. Nos livros bíblicos – Romanos e Apocalipse, existe uma saudação epistolar em comum: “Graça e paz” da parte de Deus. Saudação grega CHARIS = graça e saudação hebraica SHALOM = paz, bem estar. Os Doadores da graça e da paz são as três Pessoas da Divindade.
18. Deus é identificado como Aquele “que é, que era e que há de vir”. Refere-se ao divino YAHWEH = EU SOU o QUE SOU”; é uma referência à existência eterna de Deus.
19. O Espírito Santo é referido como os “sete espíritos” indicam que o Espírito Santo estava atuando em todas as sete igrejas. Refere-se à onipresença do Espírito Santo e Sua constante atuação entre o povo de Deus através da História, habilitando-o a cumprir sua vocação.
20. Jesus é identificado por 3 títulos: 1- A Fiel testemunha; 2- O Primogênito dos Mortos; 3- O Soberano dos reis da Terra. Eles se referem à Sua morte na Cruz, à Sua ressurreição e ao Seu reino no Céu.
21. João declarou que Jesus “nos ama, e em Seu sangue nos lavou dos nossos pecados, e nos fez reis e sacerdotes para Reis e Seu Pai”. Ap 1:5,e 6
22. No originou grego, a expressão “nos ama” se refere ao amor constante de Cristo, que envolve passado, presente e futuro.
23. A nota tônica do Apocalipse = o retorno de Jesus em poder e glória. A promessa da Vinda de Cristo é reiterada 3 vezes na conclusão do livro.
24. A Volta de Jesus marcará a CONCLUSÃO da história do mundo e o INÍCIO do reino eterno de Deus, bem como a libertação de TODO mal, angústia, injustiça, dor e morte.
25. Jesus confirmou essa promessa com as palavras “Certamente. Amém.” Ap 1:7 Essas expressões significam = com certeza.
26. A segunda vinda de Jesus é CERTA! Todos os povos O verão, até aqueles que O transpassaram… Virá em poder e glória e o Seu reino será eterno.
27. Ellen G. White escreveu que mais de 18 séculos se passaram desde que o Salvador prometeu voltar… A promessa não foi cumprida ainda… Ela aconselha para não ficarmos fatigados e nem perder a nossa fé estando tão perto do mundo eterno. Um pouco mais e veremos o nosso Rei… um pouco mais, e Jesus enxugará todas as lágrimas dos nossos olhos.

Senhor Jesus, queremos ser bem-aventurados ou felizes, porque queremos ler, ouvir e guardar as palavras da profecia, pois o tempo está próximo. Amém.

Feliz Sábado! Sejam felizes! Estudar a Bíblia faz bem!
Um abraço!

Texto elaborado por Dalva Amélia de Castro Menezes, professora adventista aposentada e membro da Igreja IASD do UNASP – SP.