O Deus da Alegria

Muitas vezes, quando pensamos em alegria, nossa mente se detém nas alegrias passageiras deste mundo e nem conseguimos imaginar como será aquela alegria da festa descrita na Bíblia como “A Ceia das Bodas do Cordeiro”.

Nossa vida é cercada por festas e comemorações. São inúmeros os momentos de alegria: nascimentos, aniversários, dedicações de bebês, batismos, formaturas, noivados, casamentos, etc.

Alguns encontros especiais, também, são motivos de festa, motivos de alegria.

Certamente nossa maior alegria se dará na cerimônia que comemorará com todos os salvos e com todo o universo, a vitória do Cordeiro.
Quem convida para a festa é o Senhor. Ele é o anfitrião. Ele é quem prepara tudo e provê tudo. Nós apenas aceitamos o convite.
Veja as palavras de Jesus em Apocalipse 3:20, “Eis que Eu estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo.”

No mesmo livro, a Bíblia chama de feliz ou bem aventurado aquele que é chamado para a Ceia: “Bem aventurados aqueles que são chamados à ceia das bodas do Cordeiro.”( Apocalipse 19:9)

Paulo, inspirado por Deus, falou que devemos viver uma vida de alegria. Ele disse: “Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez afirmo: alegrai-vos”. (Filipenses 4:4)

Não tenho dúvida alguma ao afirmar que o nosso Deus é o Deus da alegria.

Vivamos todos na alegria que vem do Senhor!

Por isso, louvado seja o Senhor!

Neumoel Stina
Pastor Sênior da IASD do UNASP Campus São Paulo
pastorstina@gmail.com
www.stina.com.br
@pastorstina