Misericórdia sem Fim

Em nossa língua, o português, quando desejamos destacar algo, usamos expressões tais como: o maior, o melhor, a mais alta, o mais rico, o mais fervoroso, etc. Podemos ainda dizer, altíssimo, inteligentíssimo, grandiosíssimo, facilíssimo e assim por diante.

Na Bíblia, que é a Palavra de Deus, também encontramos algumas expressões fascinantes. Paulo para falar da graça de Deus, usou a expressão: “Onde abundou o pecado, SUPERABUNDOU A GRAÇA”. Romanos 5:20.

Davi, usou a expressão “Eu te louvo, visto que de um modo ASSOMBROSAMENTE MARAVILHOSO me formaste”. Salmo 139:14.

Perceba que tanto superabundou a graça como assombrosamente maravilhoso são ideias ampliadas de algo que aparentemente não dá pra medir. Os autores estão falando de algo grandiosíssimo. Há pensamentos impressionantes na Palavra. Alguns deles precisam ser digeridos vagarosamente para que a compreensão não fuja.

É o caso por exemplo do que escreveu Jeremias: “As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque AS SUAS MISERICÓRDIAS NÃO TÊM FIM; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade”. Jeremias 3:22-23.

Nós estamos acostumados com coisas que acabam, fontes que se esgotam, recursos que se esvaem. Acabou a água, acabou o dinheiro, acabou o arroz, acabou o tempo, acabou a paciência, etc. Amados meus, tudo pode acabar, mas as misericórdias de Deus não acabam jamais. Além de não terem fim, ainda são renovadas a cada manhã.
Como Deus é grandioso e maravilhoso!

Agora pense comigo: Deus nos envolve com Sua misericórdia sem fim e nos abraça com Sua graça superabundante. Teríamos que ir além do salmista e dizer que não somente nossa formação foi assombrosa e maravilhosa, mas também nossa redenção.

Basta lembrar que a história da redenção será assunto para ser estudado por toda a eternidade.

Só posso mesmo terminar esta mensagem afirmando, louvado seja Deus!

Neumoel Stina
Pastor Sênior da IASD do UNASP Campus São Paulo
pastorstina@gmail.com
www.stina.com.br
@pastorstina