Mensagem Pastoral – Escolha a Vida!

Quem escolhe se vai viver eternamente ou não, é você. Cada um de nós tem o direito de escolher se quer passar a eternidade com Jesus ou então a outra opção, que é, ser destruído para sempre.

Só existem duas possibilidades. Ou nós estamos com Deus, ou estamos contra Deus. Seria bom perguntar: de que lado eu estou? Estou do lado de Jesus ou não?

Ah, e tem outra coisa, não adianta ficar em cima do muro, porque o muro é do Diabo.

O próprio Senhor nos aconselhou para que escolhêssemos a vida: “Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência”.( Deuteronômio 30:19).

Não é plano de Deus, ou desejo de Deus que alguém se perca: “Acaso, tenho eu prazer na morte do perverso? – diz o Senhor Deus; não desejo eu, antes, que ele se converta dos seus caminhos e viva?” (Ezequiel 18:23).

Josué conclamou o povo a escolher: “Escolhei, hoje, a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossos pais que estavam dalém do Eufrates, ou aos deuses dos amorreus em cuja terra habitais. Eu e a minha casa serviremos ao Senhor”. (Josué 24:15).

Deus ainda nos apressa, porque Ele sabe que é uma questão de vida ou morte. Ele diz: “Se hoje ouvirdes a Sua voz, não endureçais o vosso coração”.( Hebreus 3:15 e 4:7).

Lembrando, também, que Deus tomou todas as providências para que ao aceitarmos o Seu plano de salvação, recebamos todas as graças necessárias para uma nova vida em Cristo Jesus. Ele mesmo afirmou: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância”. (João 10:10).

O texto bíblico diz: “E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas”. (2 Coríntios 5:17).

Por isso Jesus pode afirmar: “Disse-me ainda: Tudo está feito. Eu sou o Alfa e o Ômega, o Princípio e o Fim. Eu, a quem tem sede, darei de graça da fonte da água da vida”. (Apocalipse 21:6).

Quais as implicações para quem escolhe ficar de um lado ou de outro? É simples de entender. Para os que escolhem ficar com Jesus, Deus os receberá na glória eterna. E isso se dará não por nossas habilidades ou obras meritórias, mas pela graça salvadora de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Agora, se não escolhermos Jesus, nosso futuro já está determinado para a destruição eterna, tendo em vista que somente Jesus pode nos livrar da destruição.

O inimigo tenta de todas as maneiras dificultar nossa decisão. Ele sabe que ao decidirmos por Jesus, nosso futuro está garantido na glória do eterno Pai.

Meu apelo a você é que não deixe de olhar para Jesus mesmo que as trevas sejam quase que intransponíveis. Paulo nos aconselha a correr a corrida cristã, “olhando para Jesus, autor e consumador da nossa fé”. (Hebreus 12:2).

Se você quer mesmo escolher a vida, siga o chamado de Deus em Isaías 45:22: “Olhai para Mim e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro”.

Neumoel Stina
Pastor Sênior da IASD do UNASP Campus São Paulo
pastorstina@gmail.com