Chamados para Vencer!

Os jogos olímpicos Rio 2016 chegaram ao fim. Depois de muito esforço e dedicação, lágrimas foram derramadas em quantidade. Muitos choraram porque alcançaram a glória, e muitos mais choraram porque não conseguiram atingir seus sonhos.
A caminhada cristã pode ser comparada, de certa maneira, com às olimpíadas. Mas, como toda ilustração, esta também é imperfeita, porque os jogos voltam a cada cinco anos, enquanto o preparo para a vida eternal é único.
“Vocês não sabem que dentre todos os que correm no estádio, apenas um ganha o prêmio? Corram de tal modo que alcancem o prêmio. Todos os que competem nos jogos se submetem a um treinamento rigoroso para obter uma coroa que logo perece; mas nós o fazemos para ganhar uma coroa que dura para sempre?

Sendo assim, não corro como quem corre sem alvo, e não luto como quem esmurra o ar. Mas esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo, para que, depois de ter pregado aos outros, eu mesmo não venha a ser reprovado”. 1 Coríntios 9:24-27.

Há ainda, uma outra diferença que eu desejo mencionar, o nosso treinador. Jesus é o nosso treinador, mas Ele é também o nosso Juiz. Melhor ainda, é Ele quem compete por nós. Veja o que disse Paulo aos Filipenses: “Assim, meus amados, como sempre vocês obedeceram, não apenas em minha presença, porém muito mais agora na minha ausência, ponham em ação a salvação de vocês com temor e tremor, pois é Deus quem efetua em vocês tanto o querer quanto o realizar, de acordo com a boa vontade dele”. Filipenses 2:12-13.
Pode parecer até que haja contradição entre esses dois pensamentos de Paulo. Mas, quando compreendemos plenamente os ensinamentos, descobrimos que a nossa parte, o nosso esforço, a perseverança, o esmurrar o corpo, ou o colocar em ação a nossa salvação com temor e tremor, tudo isso significa nossa dedicação para termos comunhão com Deus. O segredo não é sermos fortes, mas sim dependentes de Jesus, porque é Ele quem luta por nós.
Basta lembrar o que Deus fez por Seu povo nos dias de Josafá. (2 Crônicas 20:14-15) “Então o Espírito do Senhor veio sobre Jaaziel, filho de Zacarias, neto de Benaia, bisneto de Jeiel e trineto de Matanias, levita e descendente de Asafe, no meio da assembleia.
Ele disse: “Escutem, todos os que vivem em Judá e em Jerusalém e o rei Josafá! Assim lhes diz o Senhor: ‘Não tenham medo nem fiquem desanimados por causa desse exército enorme. Pois a batalha não é de vocês, mas de Deus”.
Eu não tenho dúvidas de que Deus nos chamou para sermos vencedores. Em Romanos 8:37 está escrito: “Mas, em todas estas coisas, somos mais do que vencedores, por meio daquele que nos amou”.
Amados meus, Jesus nos amou de tal maneira que deu Sua vida por nós. Enquanto permanecermos nEle, nossa vitória está garantida, pois fomos chamados para vencer.

Neumoel Stina

Pastor Senior da IASD do UNASP, Campus São Paulo

E-mail: pastorstina@gmail.com

Twitter e Instagram: @pastorstina

Site: www.stina.com.br