As Marcas do Perdão

Dentre as coisas mais difíceis de serem administradas está o perdão. Não é fácil perdoar. Igualmente difícil é pedir perdão. Devemos lembrar que perdão é como uma via de mão dupla. Na mesma estrada vai e vem. Em nível humano, essa via deve funcionar nas duas faixas, a que vai e a que vem. Quer dizer que se uma não funcionar, a outra também não funcionará. Para ser perdoado, você deve perdoar. Pelo menos é assim que ensina a Escritura: “porque com a mesma medida com que medis, vos medirão a vós”. Lucas 6:38; “Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores”. Mateus 6:12; “Tudo o que você gostaria que os outros fizessem a você, faça igual a eles”. Mateus 7:12.

Bem, mas como seria esse assunto do ponto de vista de Deus? No relacionamento de Deus conosco, só existe uma via. Que é a de Deus para nós, porque nada temos que perdoar a Deus, mas Ele, sim, nos perdoa. E porque o perdão de Deus só tem uma via, ele deixa marcas.
O salmista Davi diz assim: “É Ele quem perdoa todas as tuas iniquidades, quem sara todas as tuas enfermidades”. Salmo 103:3.

O perdão de Deus é o único perdão que é completo do ponto de vista da lembrança, porque Deus perdoa e esquece. Veja o que diz a Palavra do Senhor: “Eu Sou o que apago as tuas transgressões, por amor de Mim mesmo, e dos teus pecados não me lembro”. (Isaías 43:25); “Desfaço as tuas transgressões como a névoa e os teus pecados, como a nuvem; torna-te para mim, porque Eu te remi”. (Isaías 44:22); “Pisará as nossas iniquidades e lançará os nossos pecados nas profundezas do mar”. (Miqueias 7:19)

Deus perdoa sem esperar nada em troca. Interessante que Deus perdoa e esquece, apaga, joga no fundo do mar, mas as marcas ficam. Veja o que está escrito em Zacarias 13:6: “E se alguém lhe disser: que feridas são estas nas tuas mãos? Responderá Ele: são as feridas com que fui ferido na casa de meus amigos”.

As marcas do perdão permanecerão para sempre. “Nosso Salvador levará para sempre as marcas de Sua humilhação terrestre em favor do homem. Enquanto a multidão de redimidos e de anjos imaculados vão honrá-Lo e adorá-Lo, Ele levará as marcas de alguém que foi morto”. (No Deserto da Tentação, 112)

“Vamos contemplar nosso Redentor e ver as marcas da crucifixão, das quais irradiam brilhantes raios de glória”. (Conselhos Sobre mordomia, 349)

As marcas do perdão serão raios brilhantes de glória, como diz o profeta: “O seu resplendor é como a luz, raios brilham das Suas mãos; e ali está velado o Seu poder”. (Habacuque 3:4)

Você e eu não precisamos carregar as marcas porque elas pertencem ao Salvador. Nós apenas devemos usufruir dessa graça da misericórdia de Deus.

Louvado seja o Senhor!

Neumoel Stina
Pastor Sênior da IASD do UNASP Campus São Paulo
pastorstina@gmail.com
www.stina.com.br
@pastorstina