Mensagem Pastoral 04.11.17 – Amar até ao fim


Em Sua última noite com os discípulos, Jesus transformou a Páscoa em Santa Ceia. João, ao fazer o registro, iniciou seu relato com as seguintes palavras: “Ora, antes da Festa da Páscoa, sabendo Jesus que era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até ao fim”, João 13:1.
Numa noite especial, pouco antes de Sua morte, Cristo instituiu a cerimônia que até hoje realizamos, comemorando a morte de Jesus e anunciando a Sua segunda vinda.
Numa demonstração extrema de amor incondicional Jesus lavou os pés aos discípulos.
Antes de concluir as atividades da ceia Jesus deu a seguinte orientação: “Vós me chamais o Mestre e o Senhor e dizeis bem; porque eu o sou. Ora, se eu, sendo o Senhor e o Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também”, João 13:13-15.
O exemplo deixado por Jesus deve marcar nossa caminhada cristã em nosso relacionamento com nossos semelhantes. Jesus foi até o final e, mesmo no Calvário, mostrou Seu amor incondicional pela humanidade, perdoando Seus executores, acolhendo com palavras carinhosas um ladrão arrependido, deixando Sua mãe aos cuidados do discípulo do amor e, finalmente, redimindo-nos da escravidão do pecado.
As palavras finais na cruz representam o cumprimento de um divino propósito de salvação, pois Jesus disse: “Está consumado, nas Tuas mãos entrego meu espírito”.
Você e eu também podemos escolher amar até ao fim. Até o último suspiro, ou até a última gota de sangue.
Amar até ao fim como Jesus amou significa amar de forma incondicional sem esperar nada em troca e, ao mesmo tempo, sem esmorecer.
Ame até ao fim como Jesus amou!

Neumoel Stina
Pastor Sênior da IASD do UNASP, Campus São Paulo
pastorstina@gmail.com
@pastorstina
stina.com.br