Estações da Vida

Nesse primeiro sábado: Os ciclos da vida; vejam os itens mais importantes:
1. Concordamos com o rei Salomão “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do Céu”. Ec 3:1
2. Esse pensamento nos faz lembrar a existência humana – as estações e o ciclo da vida. Passamos por fases e mudanças, e isso ocorre desde o momento que nascemos. Às vezes as mudanças são boas, às vezes, não.
3. A Bíblia começa no princípio… “No principio criou Deus os Céus e a Terra”. Gn 1:1 No sexto dia, Deus declarou ser “muito bom“. Em suma, esse princípio é o início do nosso mundo.
4. A Terra era sem forma e vazia; Deus com Sua sabedoria e poder planejou e executou todas as coisas de maneira perfeita. Ele é sábio, ama o belo e é extremamente organizado.
5. Ellen G. White escreveu que “a ORDEM é a primeira lei do Céu”. Na Terra também é assim: embora o pecado tenha desorganizado o mundo natural, até certo ponto, ordem, ritmo e regularidade ainda existem.
6. Gn 8:22 “Enquanto durar a Terra, não deixará de haver sementeira e ceifa, frio e calor, verão e inverno, dia e noite”.
7. Mesmo depois da queda, as estações geralmente vêm e vão de maneira ordenada. O Sol e a Lua fazem separação entre o dia e noite […] para sinais, para estações e para dias e anos; há também as estações – tudo faz parte do ciclo natural do mundo criado por Deus.
8. Os cientistas afirmam que existem ciclos biológicos (relógios corporais) que regulam as funções em nosso corpo, logo, existem ciclos por toda parte e até mesmo em nós.
9. As previsíveis estações da vida descritas na Bíblia são: nascimento, mocidade, velhice – 70 até 80 anos e morte.
10. Entre os dois extremos, nascimento e morte, passamos por várias estações, que são diferentes para cada indivíduo. Alguns vivem muito, outros morrem cedo; alguns crescem e se desenvolvem e se tornam grandes profissionais e outros não; uns casam e constituem família e outros nunca se casarão.
11. Existem bilhões de pessoas na Terra, e embora todos nós tenhamos muito em comum, cada um de nós é um indivíduo com características singulares. Paulo afirma “Deus de um só, fez todos os habitantes da Terra […]” Atos 17:26
12. Somos únicos, o que significa que todos temos algo para compartilhar – algo que outros não têm. Nossas diferenças nos permitem ser uma bênção para os outros. O jovem e o idoso têm seu valor. Pv 20:29 “A beleza dos jovens está na sua força; a glória dos idosos, na sua experiência”. Não importa a nossa idade, todos nós temos algo a oferecer, não apenas ao Senhor, mas também uns aos outros.
13. Como seres humanos, mesmo como cristãos, passamos por mudanças na vida. Heráclito, filósofo grego declarou: “Não há nada permanente, exceto a mudança”.
14. Quando tudo parece estar indo bem, o inesperado acontece e na maioria das vezes, mudanças que nos causam tristeza, por exemplo: acidente com ferimentos graves; perda de um emprego; doença e morte; desentendimento sério entre familiares e/ou entre amigos; queda com sequelas irreparáveis, etc.
15. Nesse momento, precisamos manter a nossa confiança e esperança em Deus e ter paciência …
16. Faz-nos lembrar a história de Jó. Era “um homem íntegro, reto, temente a Deus e que desvia-se do mal”. Jó 1:1 era casado, tinha 7 filhos e 3 filhas e era muito rico. Inesperadamente, perdeu suas propriedades, sua força de trabalho, seus 10 filhos, sua saúde, o apoio de sua esposa e o incentivo dos amigos. Conhecemos o final … Jó sofreu muito … muito, mas confiou em Deus e reconheceu Sua soberania! Deus o recompensou de forma maravilhosa!
17. Outros personagens bíblicos que experimentaram o inesperado: Abel, não esperava ser assassinado pelo seu irmão; José, não esperava ser vendido pelos seus irmãos e muitos outros…
18. O ser humano é uma criatura de hábitos. Nos apegamos a eles e, quanto mais velhos ficamos, mais difícil é mudá-los. A grande verdade: não mudamos facilmente! A obra de Deus, no entanto, é nos mudar, principalmente mudar o nosso caráter. Essa é a essência da salvação.
19. Temos na Bíblia um excelente exemplo de transformação – estamos falando de Paulo. De perseguidor de cristãos, tornou-se um dos maiores apóstolos e seguidores de Cristo.
20. Paulo era um orgulhoso fariseu, confiante em suas “boas obras”. Foi transformado … Com muita humildade, confessou seus pecados e aceitou a graça de Jesus, seu Salvador.
21. Devemos ter uma experiência na qual o Senhor possa atuar em nossa vida para nos mudar e nos transformar.
22. Deus prometeu nos aperfeiçoar até o dia da Sua vinda. Filip 1:6
23. A Bíblia é um livro de relacionamentos. Deus nos criou para que nos relacionássemos com outras pessoas. Precisamos uns dos outros. A maioria de nós necessita da companhia de outros seres humanos. As interações mais profundas, significativas e transformadoras vêm de outras pessoas. A família e os relacionamentos familiares são essenciais para nossa existência.
24. Atenção – nas nossas interações somos influenciados e influenciamos. Precisamos pedir a Deus sabedoria e discernimento para que a nossa inevitável influência seja para o BEM, especialmente sobre aqueles que estão mais próximos, os membros da nossa família.
25. Vale a pena relembrar de que a nossa influência será tanto para o BEM quanto para o MAL, mesmo de maneira sutil. É na família que essa influência é mais marcante!
26. Temos vários conselhos bíblicos para vivenciarmos bons relacionamentos: a- Ef 4:32 “Antes, sede uns para com os outros, benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros como Deus em Cristo vos perdoou”; b- 1Ts3:12 “O Senhor vos faça crescer e aumentar no amor uns para com os outros e para com todos”.
27. c- Tiago 5:16 “Confessai os vossos pecados uns aos outros, para serdes curados”; d- Ef 4:2 “Andai com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor”.
28. Como vimos, o princípio é simples: se agirmos bondosa, gentil e compassivamente com os outros, seremos uma influência positiva sobre eles, a ponto de mudar sua vida de uma forma muito positiva.
29. Assim como Jesus transforma a vida das pessoas para o bem, é nosso privilégio fazer o mesmo.

Senhor, venha nos ajudar nos nossos relacionamentos: queremos ser uma ótima influência para as pessoas, sempre agindo com amor, gentileza, bondade e mansidão com os queridos da nossa família e com nossos amigos. Amém.

Feliz Sábado! Sejam felizes! Estudar a Bíblia faz bem!
Um abraço!

Texto elaborado por Dalva Amélia de Castro Menezes, professora adventista aposentada e membro da Igreja IASD do UNASP – SP.