Criação e queda

Vejam os itens mais importantes:

 1. A história do povo de Deus começa com a criação do homem e sua queda trágica no pecado. 

2. Para conhecermos a natureza da unidade na igreja precisamos começar com o plano original de Deus na criação, e em seguida, com a necessidade de restauração após a queda.

 3. Os primeiros capítulos da Bíblia – Gênesis, revelam que o plano de Deus era que a humanidade continuasse a ser uma família.

 4. Infelizmente, com o pecado surgiram as raízes da desunião e da divisão e, as consequências terríveis da desobediência.

 5. Podemos afirmar que a criação em Gênesis 1 e 2 é a harmonia geral que existia no final da semana da criação. No final de cada dia, Deus exclamava que “tudo era muito bom”. Não significava só beleza estética, mas ausência de qualquer elemento maligno ou de discórdia. Esse mundo estava pronto para ser habitado por Adão e Eva. 

6. Era um mundo BELO criado para a família humana. Tudo era perfeito e digno de seu Criador. O ideal de Deus e o Seu propósito original para o mundo eram: HARMONIA, UNIDADE e AMOR. 

7. A coexistência harmoniosa e a relação interdependente de todas as formas de vida estavam incluídas na criação de Deus.

 8. Deus criou o ser humano à Sua imagem. Só aconteceu com o homem e a mulher. Também disse: “Façamos o homem à Nossa imagem, conforme a Nossa semelhança […] Criou Deus, pois, homem e mulher os criou”. Gn 1:26,27 

9. A explicação mais aceita por estudiosos é reconhecer que a natureza dessa imagem, assim como a natureza do próprio Deus apresentada nas Escrituras, é a natureza de Deus como sendo AMOR.

 10. Deus é amor e, visto que o ser humano também pode amar, o fato de ter sido criado à Sua imagem deve incluir a capacidade de amar e amar profundamente. O amor só pode existir quando nos relacionamos com outros. 

11. “O amor procede de Deus, e todo aquele que ama é nascido de Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor”. IJo 4:7,8 

12. “Deus é amor, e aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus, nele”. I Jo 4:16 

13. As consequências da queda: a- rompimento de uma interdependência harmoniosa entre as formas da vida;  b- desunião, discórdia e divisões que existem hoje;  c- colocar a culpa nos outros; 

14. Continuação… d- sofrimento no mundo natural;  e- problemas nas relações humanas;  e-  violência e morte;  f-  ira  para com Deus e ira e rancor contra o irmão;  g-  desobediência;  h. sofrimentos na gravidez e dores no parto;  h-  cardos e abrolhos;  i-  suor do rosto para comer o pão;  j-  etc 

15. “Quando viu o Senhor que a maldade do homem se havia multiplicado na terra e que era continuamente mau todo desígnio do seu coração” Gn 6:5; esse mal levou ao Dilúvio. Contudo assim, Deus não desistiu da humanidade, mas deixou um remanescente: Noé e sua família, para começar de novo. 

16. Após o Dilúvio, Deus fez uma promessa a Noé e à sua família – o arco-íris nos faz lembrar do Seu amor, Suas promessas, de Sua bondade e misericórdia. 

17. Deus reestabeleceu Seu plano original de ter uma família humana unida, fiel a Ele e à Sua Palavra.  

18. Novamente, os homens falharam… os descendentes de Noé tiveram um plano de construir uma cidade e uma torre que chegasse aos céus e assim se tornariam famosos… escolheram um lugar bonito; havia beleza da terra entre os rios Tigre e Eufrates e o solo era muito fértil. 

19. A torre se chamou Babel. O Senhor desceu para ver a cidade e a torre …com certeza, não gostou… e o que aconteceu? e o Senhor confundiu a linguagem de toda a terra, e dali os dispersou por toda a superfície. 

20. A confusão dos idiomas se tornou o pior problema da separação e da desunião.   

21. A construção da Torre de Babel era um monumento à sabedoria e habilidades humanas; queriam alcançar renome e reputação. O propósito de Deus era ver Seus filhos unidos através do elo da verdadeira religião. Quando quebraram esse elo espiritual, quebraram também o espírito da fraternidade por causa da idolatria e politeísmo.   

22. Depois desse episódio, surgiu o personagem Abraão. Podemos dizer que as três grandes religiões monoteístas do mundo, judaísmo, cristianismo e islamismo, têm Abraão como seu pai.

 23. Como pai de todos os cristãos, Abraão nos apresenta alguns elementos básicos e centrais da unidade cristã: 1- praticou a obediência;  2- pela fé, partiu sem saber aonde ia;  3- tinha esperança nas promessas de Deus; 4- acreditou que seus descendentes seriam numerosos quanto as estrelas; 5-  acreditou que Deus lhe daria um filho;  5- era amigo de Deus;  7- é um exemplo de como deve ser nossa vida cristã hoje;  8-  aguardava a cidade que tem fundamentos, da qual Deus é o arquiteto e edificador. 

24. Ao chamar Abraão para ser Seu servo, Deus escolheu para Si um povo para representá-lo. Esse chamado e eleição foi um ato de AMOR e GRAÇA de Deus. 

25. O chamado do Senhor a Israel, foi fundamental para Seu plano de restauração da humanidade após a devastação e desunião causada pela queda. 

26. A história sagrada é o estudo da obra de Deus em relação a essa restauração. O amor de Deus pela humanidade está no centro da eleição de Israel como Seu povo. 

27. Por que Deus chamou Israel para ser Seu povo? a- és um povo santo;  b- para ser o povo próprio, de todos os povos que há sobre a terra;  c-  porque vos amava;  d-  para guardar o juramento que fizera a vossos pais;  e- porque o Senhor vos tirou com mão poderosa e vos resgatou da casa da servidão; 

28. Que privilégio de Israel: Deus desejava fazer do povo de Israel um louvor e glória. 

29. Enquanto o homem considera o poder, a sabedoria e a autoconfiança para escolher seus líderes, Deus não escolhe os fortes nem poderosos para servi-Lo, mas aqueles que sentem ou reconhecem sua fraqueza, insensatez e insignificância, para que ninguém se glorie diante Dele. 1 Co1:26-31 

30. Israel deveria ser uma grande nação se tivesse obedecido à lei de Deus.  Poderiam receber bênçãos de Deus em todos os aspectos: sabedoria, saúde, perícia em todo artifício, vigor intelectual e prosperidade. Que pena… conhecemos o que aconteceu!  

Senhor Jesus, queremos fazer parte do povo escolhido por Ti. Ajuda-nos. Amém.  Feliz Sábado! Sejam felizes!  

Estudar a Bíblia faz bem! 

Um abraço!   Texto elaborado por Dalva Amélia de Castro Menezes, professora adventista aposentada e membro da Igreja IASD do UNASP – SP