Conversa Diária Com Deus

Como filhos de Deus, temos o sagrado privilégio de falar com Ele sempre. O inimigo de nossas vidas faz de tudo para interromper essa ligação com o céu: ou oramos pouco, ou nossas orações são insignificante ou nem oramos…
Para o cristão sadio na fé, a oração é constante, suplicante, fervorosa e ele jamais se permite ser privado de tais momentos com Deus. A oração nos prepara para receber as dádivas do céu – as quais naturalmente não estamos preparados para receber.
O maior presidente americano, Abraham Lincoln, ao passar por duras dificuldades, reconheceu que sem oração, ele não suportaria o fardo de sua missão. Ele escreveu: “Tenho sido impulsionado a me ajoelhar, muitas vezes, pela convicção esmagadora de que não tinha outro caminho a seguir.”
Se você quer realmente viver a vida da fé em Cristo, não há outra escolha, a não ser orar.
“Faz parte do plano de Deus conceder-nos, em resposta à oração da fé, aquilo que Ele não outorgaria se o não pedíssemos assim” GC, pág.525.
O Rei Davi, no Salmo 5:3 relata sua experiência de oração, a qual deve ser a nossa também: “De manhã, Senhor, ouves a minha voz, de manhã te apresento a minha oração e fico esperando.”
Ellen G. White afirma que “a primeira respiração da alma pela manhã deve ser a presença de Jesus” MM 1989, pág. 15.
Ao começar este mês de agosto, que tal refletir sobre sua vida de oração? Que tal fazer um plano de orar mais e buscar sempre a presença do Espírito Santo através da oração suplicante e constante?
Que tempo já faz que você não ora demoradamente?

Pr. Gilson Grüdtner