As Perguntas de Deus

A primeira pergunta que Deus fez ao homem, após a queda, foi: “Onde estás? ” (Gen. 3:9) Deus estava preocupado com a separação que o pecado causou entre criatura e Criador.

As perguntas de Deus, na Bíbli,a são intencionais e reflexivas. Ao perguntar para a mulher adúltera, em São João 8:10 “Onde estão teus acusadores? Ninguém te condenou?”, a intenção de Jesus era revelar o motivo de sua encarnação, que era salvar, restaurar e perdoar. Não só acusar ou condenar (João 3:17).

Ao ir atrás de Elias no Monte Horebe, para onde o profeta fugira, Deus perguntou: “O que fazes aqui, Elias?” (I Reis 19:9) Teu lugar não é numa caverna no Egito, mas pregando Minha palavra em Israel.

Onde você está? Dentro do plano que Deus traçou para sua vida ou num lugar que você escolheu?

Após Sua ressurreição, Jesus foi à Galileia, à procura de Pedro, e por três vezes perguntou: “Tu me amas?” O propósito do Salvador era publicamente restaurar o apóstolo que no âmago da alma nunca deixara de amar o Senhor Jesus. E também queria nos ensinar que o amor de Deus vai além dos nossos fracassos temporários.

Se hoje Jesus se dirigisse a você, o que Ele perguntaria? “Por que você parou de estudar Minha palavra?” “Onde foi parar seu tempo de comunhão Comigo?” “Por que você abriu mão da obediência aos princípios do evangelho?” “Por que esfriou teu primeiro amor?” “Por que você perdeu a vontade de orar?” “Há quanto tempo você não testemunha a Meu respeito?”

Deus está sempre nos chamando através do Espírito Santo. Você tem ouvido Sua voz? Deus tem feito perguntas ao seu coração? Se ainda você é questionado pelo Céu, tenha ânimo e responda às perguntas de Deus fazendo aquilo que você sabe ser o melhor para sua vida: a vontade revelada do Céu!

Forte abraço pastoral!

Pr. Gilson Grüdtner