Apostasia do povo

Segue o Resumão da Lição da Escola Sabatina – Apostasia do povo – que foi elaborado com muito carinho.

Vejam os itens mais importantes:

1. Continuamos a história de Neemias. Neemias escreveu em seu livro que numa ocasião pediu licença ao rei Artaxerxes para deixar Jerusalém e voltar para Babilônia por pouco tempo (não sabemos quanto). Nee 13:6  Quando Neemias retornou, ano 430-425 a.C., que decepção! Por que? os judeus haviam se apostatado da fé…

2. Como assim? É verdade… as pessoas tinham feito uma aliança com Deus quanto a diversos assuntos: 1- não casariam com idólatras; 2- guardariam o sábado cuidadosamente; 3- iriam cuidar do templo e de seus funcionários, mediante a devolução dos dízimos e doação de ofertas. Para a tristeza de Neemias, as pessoas não cumpriram essas promessas.

3. Neemias nomeou as causas da apostasia do povo: 1- negligência na devoção; 2- deixaram de devolver os dízimos e dar ofertas; 3- passaram a usar os aposentos do templo para outros propósitos; 4- deixaram de guardar o sábado apropriadamente; 5- envolveram-se com os estrangeiros e até casaram-se com eles.

4. E os líderes escolhidos por Neemias? também fracassaram…

5. O cenário era difícil e desanimador!

6. O que fez Neemias? Orou… orou… agiu… começou “arrumar as coisas”. O que fez?  Muitas reformas.

7. A primeira reforma  em relação aos não judeus = mandou embora os que que tinham fé diferente, pois não eram convertidos, adoravam ídolos e não seguiam a Deus.

8. A segunda reforma em relação ao sacerdócio = Neemias reprovou a postura e ação de Eliasibe, sacerdote encarregado de cuidar da câmara da Casa de Deus. Ele se aproximou demais de Tobias, um amonita, inimigo dos israelitas, que fez oposição forte ao trabalho de Neemias em Jerusalém. Eliasibe concedeu a Tobias um dos aposentos do templo, designado à guarda dos dízimos e ofertas. Logo, Tobias recebeu residência permanente no templo, erro grave!

9. O que fez Neemias? Orou.. indignou-se… agiu =  arrancou todos os pertences de Tobias do aposento e solicitou que as pessoas encarregadas purificassem aquele lugar.

10. A terceira reforma em relação à busca dos levitas = não havia recursos suficientes para manter as pessoas que cuidavam do templo como os cantores, porteiros e outros servos do templo; eles procuraram outros trabalhos para manterem a si e a suas famílias, “tinham fugido cada um para o seu campo”. Nee 13:10 

11. O que fez Neemias? orou… agiu = ajuntou todos os levitas e os cantores e os restituiu a seus postos.

12. As pessoas estavam do lado de Neemias, opondo-se a Tobias e a Eliasibe… que alívio!

13. A quarta reforma em relação aos dízimos e ofertas = as ofertas tinhamm sido mal-empregadas e como consequência, muitas pessoas não estavam trazendo seus dízimos e ofertas; a tesouraria da Casa do Senhor estava sem recursos.

14. O que fez Neemias? orou… e agiu… = nomeou homens fiéis para  tesoureiros para cuidarem da coleta dos dízimos e ofertas e para armazenarem as mercadorias adequadamente e em seguida distribuí-las para os grupos apropriados. O sistema de liderança foi completamente mudado e restaurado.

15. Podemos perceber como foi importante no passado os israelitas seguirem a orientação de Deus em relação à devolução dos dízimos e a doação de ofertas. Garantia a manutenção de todas as pessoas que trabalhavam no templo e garantia a adoração e o louvor a Deus de maneira adequada.

16. E hoje?  Deus é o mesmo… Ele ordena “Trazei os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na Minha Casa, e provai-me nisto…” Malaquias 3:10

17. “O sistema de dízimo é belo em sua simplicidade. Sua justiça é revelada pela aplicação proporcional sobre o rico e o pobre”. Nisto Cremos

18. “Devemos dizimar porque Deus nos ordenou fazê-lo. O dízimo pertence ao Senhor, e Ele requer que Lhe devolvamos”. Nisto Cremos

19. Voltamos a história de Neemias… Qual era a pedra no sapato de Neemias? sim… o corrupto Eliasibe, sumo sacerdote, porque não perdeu sua posição,  era descendente de Arão… logo, mantinha essa função!

20. A quinta reforma de Neemias em relação à guarda do sábado =  1- as pessoas pisavam lagares no sábado; 2- traziam trigo, vinho, uvas, figos e toda a sorte de cargas que carregavam sobre jumentos no sábado; 3- vendiam mantimentos

no sábado; 4- traziam peixes e toda sorte de mercadorias para vender no sábado aos filhos de Judá.

21. O que fez Neemias? orou… e agiu = primeiramente repreendeu os nobres, e depois impediu todo o comércio e transporte de mercadorias no sábado. “Que mal é este que fazeis, profanando o dia de sábado?” Nee 13:17 falou mais firmemente dizendo: “Porventura, não fizeram vossos pais assim, e nosso Deus não trouxe todo esse mal sobre nós e sobre a cidade? E vós ainda trazeis ira maior sobre Israel, profanando o sábado?” Nee 13:18

22. Neemias pretendia que o 4º Mandamento da Lei de Deus fosse seguido em Jerusalém de acordo com as orientações de Deus.

23. O sábado foi criado como o auge da semana da Criação, porque é um dia especial em que as pessoas são renovadas e recriadas ao passar tempo com Deus de uma forma que não podem fazer quando estão envolvidas em ocupações e atividades seculares.

24. Para impedir a compra e venda no sábado, o que fez Neemias? Ordenou que a partir do pôr do sol de sexta-feira e durante todas as horas do sábado, transações comerciais fossem proibidas e colocou guardas ou servos para vigiar as portas da cidade para que nenhuma mercadoria entrasse ou saísse. Neemias prometeu prender os mercadores que não obedecessem as regras estabelecidas. Deu certo a sua metodologia: muitos comerciantes se afastavam dos portões nas horas do sábado. 

25. Jesus não pecou, nunca transgrediu a Lei de Deus, nunca transgrediu o sábado. Os líderes religiosos de Sua época O acusaram de transgredi-lo, mas Ele guardou, santificou e fez o bem no sábado.

26. Apreciamos as falas de Neemias quando suplica a Deus por si e pelas pessoas que haviam errado: “Lembra-te de mim, e perdoa-me segundo a abundância da tua misericórdia”… “Lembra-te deles, meu Deus […]  Nee 13:22, 29 e 30

27. Aplicações para a nossa vida hoje: 1-Devemos seguir o exemplo de Neemias: quando percebia um problema, buscava a Deus em oração e em seguida,  agia com firmeza; 2- É necessário enxergar as coisas erradas e com ajuda divina procurar corrigi-las imediatamente; 3- Devemos cuidar das coisas de Deus com tanto cuidado e zelo como fez Neemias; 4- Devemos devolver o dízimo e doar ofertas para a manutenção dos ministros e para a manutenção da nossa igreja, assim Deus ordenou; 

28. Aplicações para a nossa vida hoje: 5- Neemias suplicou misericórdia e perdão a Deus para si e para as pessoas, um grande exemplo de altruísmo e amor ao próximo; 6- Neemias repreendeu primeiramente os nobres e depois as outras pessoas, isto é, ninguém deve ficar de fora quando o assunto é corrigir os erros e fazer a vontade de Deus; 7- Devemos guardar o sábado com reverência e zelo, como demonstração do nosso amor ao Criador, não permitir que as atividades seculares ou conversas inadequadas atrapalhem nossa intimidade com Ele; 8- Não podemos negligenciar com a nossa devoção!

Senhor Jesus, pedimos que nos ajude a fazer a Tua vontade em relação aos dízimos, zelo pela nossa igreja, guarda do sábado, atitude correta ao lidar com nossos erros e com os erros dos nossos irmãos. Amém.

Feliz Sábado! Sejam felizes! Estudar a Bíblia faz bem! Um abraço! 

Texto elaborado por Dalva Amélia de Castro Menezes, professora adventista aposentada e membro da Igreja IASD do UNASP – SP.