A conversão de Paulo

Vejam os itens mais importantes:

1. Quem foi Paulo? judeu helenista que nasceu em Tarso, capital da Cilícia. Foi levado a Jerusalém, onde estudou sob a orientação de Gamaliel, o mestre farisaico mais influente da época. Levou Estevão à morte e se tornou a figura fundamental na perseguição que se seguiu.

2. Saulo ou Paulo?

3. Lucas, autor de Atos, usou o nome SAULO 25 vezes e PAULO 129 vezes. Na Língua hebraica, ou a forma mais comum, no aramaico, o nome era Saulo. Mas seu nome grego era Paulo. Como foi chamado para ser chamado para ser apóstolo dos gentios, muitos dos quais falavam o grego, o apóstolo preferiu ser chamado de Paulo.

4. A Conversão de Saulo de Tarso (que se tornou Paulo) foi um dos acontecimentos mais extraordinários da história da igreja apostólica. Com a conversão de Paulo, o cristianismo mudou para sempre.

5. Que mudança: de inimigo ferrenho dos cristãos, apoiador oficial para destruir a igreja, Paulo tornou-se um excelente instrumento usado por Deus para levar as boas-novas do evangelho de Cristo para muitas pessoas e é autor de vários livros do Novo Testamento. É uma história sem paralelo.

6. Ellen G. White afirmou “Dentre os perseguidores mais cruéis e implacáveis da igreja de Cristo, surgiu o mais hábil defensor e mais bem-sucedido arauto do evangelho”.

7. Como Paulo descreve suas ações de perseguição? “Recebi autoridade dos principais sacerdotes e então, encerrei muitos dos santos nas prisões; e contra estes dava o meu voto, quando os matava; os castiguei por todas as sinagogas, obrigando-os até a blasfemar; mesmo por cidades estranhas os perseguia.” Atos 26:9-11

8. Impressionante… Lucas descreve em Atos 9:1-2 que Saulo ameaçava de morte os discípulos de Jesus e solicitou ao sumo sacerdote, presidente do Sinédrio que lhe desse cartas para as sinagogas de Damasco, dando-lhe autoridade para prender os seguidores de Jesus e trazê-los para Jerusalém.

9. Assim sendo, Paulo se tornou um shaliah, isto é, um agente oficial nomeado pelo Sinédrio para realizar várias funções religiosas. Antes de ser apóstolo de Jesus, Paulo era um apóstolo do Sinédrio.

10. E foi assim que aconteceu… Paulo e seus companheiros se aproximavam de Damasco por volta do meio dia; eles viram uma luz vinda do céu que brilhava intensamente e ouviram uma voz. Todos viram a luz, mas só Paulo ficou CEGO. Todos ouviram a voz, mas só Paulo respondeu.

11. Paulo caindo por terra, ouviu uma voz que dizia: “Saulo, Saulo, por que Me persegues?” Ele respondeu: “quem és Tu Senhor?” E a resposta foi: “Eu sou Jesus a quem tu persegues.” Em seguida, Jesus deu instruções para ele se levantar e entrar em Jerusalém e se informar com as pessoas. Disse também que ele se tornaria Seu ministro e Sua testemunha.

12. Ao falar com Paulo, Jesus usou um provérbio de origem grega: “Dura coisa é recalcitrares contra os aguilhões”.  Atos 26:14 Significa a imagem de um boi debaixo de um jugo, tentando se mover contra a vara pontiaguda usada para guiá-lo. Essa afirmação indica uma luta na mente de Paulo – Espírito Santo.

13. Quando Saulo percebeu que estava falando com Jesus, Saulo perguntou:  “Que farei, Senhor?”  Saulo demonstrou que estava contrito por causa de suas ações até aquele momento. Em compensação, demonstrou uma vontade imensa de obedecer e fazer a vontade do Mestre Jesus.

14. O Senhor desejava preparar Saulo para se tornar  um apóstolo. Em uma visão, Jesus incumbiu Ananias de visitar Saulo e colocar as mãos sobre ele para que sua visão fosse restaurada.

15. Ananias conhecia Saulo e ficou preocupado… ele não sabia que Saulo tinha tido um encontro com Jesus e era um novo homem!

16. Ananias não sabia que ao invés de ser um trabalhador do Sinédrio, ele se tornara um apóstolo de Jesus, um instrumento escolhido por Cristo para levar o evangelho a judeus e gentios.

17. Após a sua conversão, Paulo permaneceu em Damasco por algum tempo antes de retornar para Jerusalém. De Damasco, seguiu para a Arábia, onde viveu um isolamento por um período, para estudo e meditação.

18. Depois da Arábia, Paulo finalmente chegou às sinagogas, porém, só para pregar…não para difamar Jesus, mas para apresentá-Lo como o Messias de Israel. As pessoas ficaram surpresas… ficaram maravilhadas pela transformação de Saulo.

19. Infelizmente, muitas pessoas conspiraram contra Paulo para lhe tirar a vida. Com a ajuda de alguns fiéis, Paulo conseguiu escapar em um CESTO, possivelmente através da janela de uma casa construída no muro da cidade.

20. Paulo tinha certeza que não seria fácil seguir Jesus. Ele sabia que enfrentaria muitos desafios, dificuldades, perseguição, oposição e sofrimento, mas NADA abalaria a sua FÉ e nem o seu senso de dever.

21. Tendo fugido de Damasco, Paulo voltou para Jerusalém pela primeira vez, TRÊS anos depois de sua conversão. Lá se ajuntou com os apóstolos. Alguns não acreditavam que Paulo era um seguidor de Jesus.

22. Barnabé, um judeu helenista, abrandou a resistência dos apóstolos e lhes apresentou Paulo, um cristão genuíno.

23. Essa resistência nunca desapareceu completamente… muitos ainda não compreendiam que o sistema sacrifical havia perdido a validade com a morte de Jesus na cruz.

24. As relações mais próximas de Paulo, incluía Filipe, um dos sete e Mnasom.

25. Paulo foi acusado também de pregar as mesmas mensagens de Estevão…

26. Durante os 15 dias que ficou em Jerusalém, Paulo decidiu compartilhar o evangelho com os mesmos judeus incrédulos que provocaram a morte de Estevão. Não deu muito certo – seus esforços encontraram forte oposição, até ameaça à sua vida.

27. Em uma visão, Jesus lhe disse para deixar Jerusalém. Com a ajuda de alguns irmãos seguiu para Cilícia, lugar onde  nasceu, e ficou ali por vários anos, antes de começar suas viagens missionárias.

Senhor Jesus, assim como o Senhor transformou a vida de Saulo, venha nos transformar. Queremos ser instrumentos usados por Ti para levar o evangelho a muitas pessoas. Venha nos ajudar. Amém.

Feliz Sábado! Sejam felizes!

Estudar a Bíblia faz bem! Um abraço!

Feliz Sábado! Sejam felizes! Estudar a Bíblia faz bem! Um abraço!
Texto elaborado por Dalva Amélia de Castro Menezes, professora adventista aposentada e membro da Igreja IASD do UNASP – SP.

Link para a lição completa: http://mais.cpb.com.br/licao-adultos/