Deus e a Aliança

Segue o Resumão da Lição da Escola Sabatina – Deus e a Aliança, elaborado com muito carinho.
Vejam os itens mais importantes:
1- O que significa ALIANÇA na Bíblia? É o estabelecimento legal de um relacionamento entre Deus e Seu povo. É Deus dizendo: “ Você é Meu Povo, e Eu Sou o Seu Deus”.
2- Encontramos também a utilização de alianças escritas entre outros povos no mundo antigo, muitas vezes entre os líderes e seus súditos. Essas alianças beneficiavam as duas partes: o líder cuidava do povo, e o povo pagava impostos.
3- Aliança com Deus era diferente: Deus não recebia NADA, e ainda prometia ser fiel à aliança, mesmo quando o povo não correspondia.
4- Interessante: quando as coisas ruins começavam a acontecer, os israelitas tinham certeza que haviam quebrado a aliança. Havia uma relação entre bênção, maldição e aliança.
5- O livro de Neemias 10:1-29 relata uma aliança. Sabem quem estava fazendo essa aliança? Os líderes do povo. Porém, os sacerdotes, os levitas, os porteiros, os cantores, os servidores do templo e todo o restante do povo também decidiram fazer parte da aliança de Deus.
6- Qual era a aliança? 1- eles prometeram ou juraram que andariam na Lei de Deus, que foi dada por intermédio de Moisés; 2- guardariam e cumpririam todos os mandamentos do Senhor, nosso Deus, e os Seus juízos e os Seus estatutos; 3- não dariam as filhas aos povos da terra, nem tomariam as filhas deles para seus filhos; 4- não comprariam no dia de sábado; 5- cuidariam do templo e iriam trazer ofertas para manutenção do templo; 6- trariam as primícias de toda a terra e primícias de todas as árvores frutíferas; 7- trariam primícias do vinho, do azeite e ofertas do cereal.
7- A aliança era importante porque fazia parte da história de Deus lidando com a humanidade pecadora. Deus amava o povo e queria ter um relacionamento com ele e permitia que revelasse seu desejo de se dedicar ao Senhor.
8- Podemos relembrar a história da Criação = o relacionamento de Deus com nossos primeiros pais… infelizmente, o pecado rompeu esse relacionamento trazendo tristeza, dor e morte. Depois de Adão e Eva, Caim, escolheu o mal e Sete seguiu a Deus; Lameque introduziu a poligamia, e assim vai…
9- O mundo seguiu mais o mal do que a Deus e a descendência dos homens bons e fiéis se tornou pequena. Deus tomou providência = interveio com o Dilúvio. Vale a pena afirmar que Deus destruiu apenas o que o ser humano já havia arruinado. Gn 6:11-13
10- Alianças na História: 1ª. Aliança – com Adão; 2ª. Aliança – com Noé; 3ª. Aliança – com Abraão; 4ª. Aliança – com Moisés e a nação israelita; 5ª. Aliança – com Fineias; 6ª. Aliança – com Davi; 7ª. Aliança – Nova Aliança.
11- A Bíblia apresenta o termo “aliança eterna” 16 vezes. Dessas, 13 são especificamente aplicadas à Aliança com Abraão, com Israel, e Davi. É uma aliança de amor, revelada mais plenamente no plano da salvação.
12- A Nova Aliança e a Antiga Aliança, contêm os mesmos elementos: 1- santificação = palavras das Leis de Deus no coração; 2- reconciliação = “serei o Seu Deus e eles serão o Meu povo”; 3- missão = todos Me conhecerão; 4- justificação = “perdoarei as suas iniquidades e dos pecados jamais Me lembrarei”.
13- Uma constatação: Deus Se comunicava com o povo de tal forma, que as pessoas pudessem entender.
14- Como eram as partes de uma aliança comum no antigo Israel: 1- Quem é Deus; 2- prólogo histórico; 3- determinações ou leis; 4-bênçãos ou maldições; 5- testemunhas; 6- provisão especial.
15- Em Deuteronômio encontramos um relato de Moisés convidando o povo a entrar em um novo relacionamento com Deus.
16- Esse padrão de aliança também é revelado no livro de Josué = Deus usou a forma básica de uma aliança a fim de Se comunicar com Israel. E é muito prazeroso ler as palavras de Josué: “Escolhei hoje a quem sirvais… Eu e minha casa serviremos ao Senhor”. Js 24:15
17- No item 6 desse estudo, listamos tudo o que os israelitas prometeram fazer como parte da aliança nos tempos de Neemias. Vocês acham que eles cumpriram? Muitos não cumpriram, mas alguns o fizeram.
18- E as promessas que os israelitas fizeram em relação ao templo? Cumpriram? Sim, cuidaram do templo e decidiram doar mais um pouco do que tinham planejado. Os primeiros frutos, os primogênitos, os dízimos e as ofertas eram aspectos do serviço do templo que sustentavam o ministério dos sacerdotes e dos levitas.
19- O templo servia como o coração da nação israelitas. Ele era muito central à fé das pessoas. Ficaram muito tristes quando Nabucodonosor o derrubou e levou os objetos sagrados.
20- Quando o templo era bem administrado, proporcionava vida espiritual vibrante à nação, e a morte do cordeiro simbolizava a solução que viria definitivamente com a morte de Jesus na cruz – “ o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”. O templo também servia de cenário para revelar ao povo todo o plano da salvação.
21- Aplicações para a nossa vida hoje: 1- Deus é amor e bondoso, sempre desejou ter um relacionamento com Seus filhos. Hoje Ele quer ter um relacionamento pessoal com cada um de nós; 2- O mundo seguiu mais o mal do que a Deus no passado. Hoje, infelizmente muitos seguem os caminhos que não são de Deus, caminhos do pecado. E vocês? Desejamos que Deus nos ajude para seguir o exemplo de Enoque – andou com Deus; 3- O pecado não compensa, só traz dor, sofrimento e morte;
22- Continuação – Aplicações para a nossa vida hoje: 4- Vocês já fizeram promessas a Deus e cumpriram? Se sim, muito bem! Glória a Deus! E já fizeram promessas e não cumpriram? Deus deseja que cumpramos as nossas promessas que fizemos a Ele para o nosso próprio bem e para o nosso crescimento espiritual; 5- Devemos seguir o exemplo de Josué – escolher servir a Deus com a nossa família; 6- Em relação às promessas não cumpridas, se mantivermos o foco em Deus é possível desenvolver hábitos corretos e firmarmos no caminho certo; 7- Devemos dar atenção ao nosso templo, ou à nossa igreja: cuidar dela e colaborar participando de seus projetos e ajudando financeiramente para a sua manutenção.

Senhor Jesus, agradecemos o Seu amor e a Sua bondade, por sempre desejar ter um relacionamento conosco. Amém.

Feliz Sábado! Sejam felizes!
Estudar a Bíblia faz bem!
Um abraço!

Texto elaborado por Dalva Amélia de Castro Menezes, professora adventista aposentada e membro da Igreja IASD do UNASP – SP.